Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

O dia do meu primeiro Bresson

Preciso urgentemente encarar mais sério meu blog. É difícil pensar no que escrever depois de encarar sessões tão complexas de filmes como Godard e espeficicamente nesta vez de Robert Bresson.

Ontem, saímos correndo de carro eu e o Francis para o Cinesesc para ver "PickPocket" e achei o filme muito foda! O nome deste filme, se traduz a um termo relacionado a batedor de carteira. Portanto a narrativa destes filmes não precisou de atores expressivos e que atuassem bem, uma que nem é muito a cara do cinema Francês. O filme trata a história de Martin La Salle que seu único tyrabalho é batercarteiras das pessoas no metrô. Com o passar do tempo ele conhece uns batedores profissionais que agem em conjunto.

É nestas horas que o filme se torna agradável fazendo a trucagem de câmeras agirem em favor da narrativa. Toda desenvoltura das mãos trabalhando de tirarcarteira ou relógio das vítimas sutilmente. Após realizar o furto o ladrão passa e esbarra com um comparsa que pega o objeto roubado e guarda no bolso.

São inúmeras maneiras de assalto que chamam atenção do espectador pela astúcia e audácia. Como acompanhar um senhor até o Taxi e tirar do bolso dele a carteira e rapidamente guardar dentro do jornal que o ladrào finge estar lendo ou no sobretudo que carrega. Ou ajudara alguém caído no chão a se levantar e a mão que ajuda tira o relógio. A narrativa do filme se firma nos dedos magistrais dos personagens e nào muito neles. O que distoa um pouco é com certeza as cenas em que Jeanne (a bela atriz Marika Green) aparece. Novamente o sentimentalismo sutil dos filmes de época me chamam atenção como quando a atriz ao final da projeção confessa que somente atrás das grades ela conseguiria ter o protagonista perto e parado para ela, numa cena tão bonita quando os rostos se encostam pela grade.

A Lilia comentou de uma proximidade com o personagem Raskolnikov de "Crime e Castigo" de Dostoiévski. Conforme o Carlão Reichenbach e o Sérgio Alpendre é o melhor filme para se começar o Bresson.
Escrito por Vebis às 18h18 [] [envie esta mensagem]

SESSÃO DUPLA DO COMODORO HOJE!

Só para endossar que é hoje o dia da Sessão Dupla Comodoro.

Eu na cara de pau e com preguiça de criar de novo uma procura de fotos legais para lembrar do evento, COPIEI NA CARA LARGA do blog do Carlão as fotos.

Este filme eu não vi. Não posso dizer muita coisa.

Este eu tenho DVD, mas nada melhor que a emoção da tela grande!

Hoje no Cinesesc da rua Augusta, as 21:30...mas tem que ir antes para pegar entrada. Estarão boa parte dos cinéfilos de São Paulo.


Escrito por Vebis às 09h18 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]