Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

Segundo dia de "Inverso"

Fotinhos de pose: meu mundo por uma lente grande angular!

Neste segundo dia, algumas coisas insistem a acontecer, como por exemplo, embassar na hora de sair. Parece uma sina do grupo esperar sempre algo ou alguém para ir para as locações gravar.

O Pai do Fabra, deu a idéia de utilizar a estrada do clube Rosa Mística, pois se fosse esperar o tempo bom na estrada para Paranapiacaba, poderíamos ficar a deriva. Péssimo.

Testando o Glidecam no próprio filme

E por falar em péssimo, um dos nossos possíveis patrocinadores resolveu negar a ajuda no dia da gravaçào, me colocando em situaçào delicada que tive que comprar o rango do meu bolso. Isso é inadmissível, a Padaria Kennedy, meu eterno agradecimento, lembrarei de vc's nos créditos finais do filme e no dia da apresentaçào.

O ator neste dia, apresentou problemas, e pelas palavras da própria atriz Sandra Camilo, se ele apresenta problemas sem ao menos atuar, no filme entào poderia surgir um novo problema. Resolvemos cortá-lo do filme e chamamos um grande amigo que já observava para atuar em meus trabalhos, o Lucas Satti.

PAssando o texto antes das cenas internas

O legal é que ele se interou com a equipe inteira, tendo uma boa reputação, o que eu já esperava e está agora dentro do curta como homem forte do curta. Me agradou muito tê-lo chamado.

Por sim, seguimos até a estrada citada, lá no Demarchi e começamos a gravar algumas cenas externas. O legal é que consegui estreiar meu Glide Cam, uma espécie de Steady Cam que me permite fazer camera na mão sem problemas de trepidação. Começamos com a cena do encontro do personagem Nicolas Rei com as meninas (??).

Gravando na caçamba de uma pickup

Depois fizemos as cenas externas para usar de insert do assunto, usamos bastante planos que espero não faltar depois. Depois das externas, gravamos algumas internas que não sei como eu coube dentro do carro. Tudo bem que apertou bastante, mas pelo penos peguei os planos principais dos diálogos internos que nem terminamos ainda.

O dia vale na nossa memória como o dia que as coisas engrenaram. Só foi chato, que pelo horário, ninguém pode operar câmera, pois estávamso atrasados, e os operadores de câmera estavam de folga neste dia. A juventude Cidadã que seria a dona do curta, está numa contensào de despesas e que se isso continuar: saindo do meu bolso, vou pegar o curta pra mim. Logo Logo estarei pagando para trabalhar! Não é culpa deles, mas tomara que não decaia sobre mim os problemas dos gastos!

Elenco: Andréia, Sandra e Lucas

 


Escrito por Vebis às 15h35 [] [envie esta mensagem]

Primeiro Dia falso da Gravação do Curta " Inverso" do Núcleo Alma Corsária

Em meio a tantas brigas entre picuinhas de horário, (afinal, o dia que estarem num set poderão entender o que se passa) surge a força da vontade, mesmo no clima de briga e fomos todos gravar no que seria a idéia original: a Estrada de Paranapiacaba.

A merda é que o filme tinha que ter cara de Route 66 e não teve porque choveu pra caralho. Acabou tendo cara de "A Beira da Loucura" por causa de paredes e muros de neblina.

Todos reunidos para a primeira cena captada do curta.

Aqui por exemplo, estávamos tentando ajustar a gravação de cima da pick up e ao mesmo tempo valorizar a atriz que estava enferrujada no volante de um Opala que não funcionava muito bem a marcha.

Tínhamos que gravar bem devagar pela neblina e pelo comboio que tinha atras do opala para proteger ela no meio.

eu e o criador da história Roberto (de braços abertos) debatendo sobre o texto das atrizes

As equipes de Casting e figurino estavam a frente de outras e conseguiram trazer resultados, mesmo que erroneos como o vestido da personagem Simone.

Queria um vestido de Noiva e me trouxeram um vestido de bailarina de criança! Ainda bem que a atriz é magra e entrava, só que reclamei que aquilo era surreal. Corremos atrás de outro para os próximos dias, já que neste dia a atriz ficaria dentro do carro.

Tentei gravar com tripé fixo, mas infelismente não teve como. Principalmente quando vira a curva num atalho. Meu Deus, quase caí da caçamba. O jeito, já que era a HAndycam do Liron, era carregar na mão mesmo.

A zica veio mais forte quando o carro principal quebrou durante as semanas depois destas fotos.

Tenho as fotos deste último final de semana. Foi o dia que fluiu melhor e temos melhores fotos.

Estes dias seguem mais sobre o diário de bordo do curta " Inverso" do núcleo Alma Corsária!


Escrito por Vebis às 20h13 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]