Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

Interiores!

Estou sem o nome do jornalista que fez esta matéria. Mas como me diverti lendo-a, resolvi colocar aqui para não deixar o blog parado e informar um pouco mais!

20/03/2005 - 10h54

 

 


Woody Allen diz não gostar das novas comédias americanas

Londres, 20 mar (EFE).- O cineasta americano Woody Allen disse não gostar das novas comédias que são produzidas em seu país, as quais ele classificou como "tontas e uma perda de tempo" na maioria das vezes.

Em uma entrevista publicada neste domingo pelo Sunday Telegraph, cujo gancho é a estréia no Reino Unido de seu filme, "Melinda e Melinda", Allen se queixa do quão "vulgares e simplistas" são muitas destas comédias de hoje em dia.

 


O diretor de "Manhattan" admite que quando era criança não gostava dos filmes de "O Gordo e o Magro", "o que é estranho, já que eu vivia em um bairro de classe baixa".

"Mas com 9 ou 10 anos já me sentia atraído pelo sofisticado, pelo estalo das rolhas das garrafas de champanhe e pelas pessoas que viviam em coberturas. Acho que gostava mais da engenhosidade que da mera comédia", explica na entrevista.

"E acho que isso é no que me transformei: em um tipo engenhoso. Meu trabalho sempre entranha sutileza, instrospecção e um componente cerebral. Não é meramente divertido. E acho que muitas pessoas não se sentem à vontade por isso", acrescenta o cineasta.

Woody Allen se diz "fascinado" pelo otimismo das pessoas que "pensam que tudo vai sair da melhor maneira possível quando tudo parece indicar o contrário".

"Enquanto eu uso a comédia para distanciar-me do quão mal estão as coisas, os otimistas basicamente tentam convencer-se enganosamente de que a vida é algo extraordinário", acrescenta.

Contudo, o diretor frisa que hoje é mais feliz do que em qualquer outro momento dos últimos anos: "Encontro-me em uma boa situação.

Estou casado, tenho dois filhos estupendos (ambos adotados). Tenho talento e liberdade para fazer o que me der vontade".


Escrito por Vebis Jr, Almir ou Lobo às 20h30 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]