Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

Dos Males o menor

Os momentos de crise existencial, afetivo e criacional deste blogueiro o influenciou de tal maneira que para o mestrado que estou estudando. O tema é "Cinema Marginal como resistência ao militarismo entre 1964/74".

      Los Tropicalistas en la Marcha de 100,000

Chico Buarque, Arduinho Colazanti, Renato Borghi, Ze Celso, Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Nana Cayammi, y Gilberto Gil durante la Marcha de 100,000 en el 26 de junio de 1968

Para que este projeto saia, foi necessário na pesquisa, conforme meu orientador, contextualizar a época e tudo que ocorria nesta década de 60 pra 70 em que se revolucionava todas as linguagens culturais sendo o tropicalismo para música, pouco depois das peças que se chamavam "Opinião" ou as oficinas 66 ou 67 que eram as galerias de artes plásticas, no Teatro as revoluções transgressoras dos teatros de Zé Celso pelo Teatro Arena ou o Teatro Oficina e no cinema, o cerne era Cinema Novo.

É excelente ver todas as transformações e todo engajamento jovem nesta época que lutava contra um certo imperialismo estrangeiro, e assim, faziam os jovens se identificarem com o que havia de mais belo na nossa cultura, só que pelos livros noto a visão intelectual, e pouca visão popular que pelo jeito, estava distante de qualquer tipo de assunto político. Isso foi fácil de perceber no livro "O Pai de Família" de Roberto Schwarz e "Cultura e Participação dos anos 60" de Heloisa Buarque de Holanda.

  

Terra em Transe: o filme favorito dos sociólogos chatos

E posso me gabar de perceber nas leituras que o carro chefe das transformações era justamente o cinema, pois muito das letras usavam na sua estrutura uma decupagem de contar as histórias.

Só que este processo que deveria muito me ajudar a dissecar os filmes que vejo, tem me deixado preso a obrigação da leitura e com o olhar menos dissecador. Tenho ficado meio cuzão na critica. Tanto que estou acomapnhando pra minha felicidade, blogs de ex alunos se destacando de maneira incrível, é só ver os blogs do Tadeu e do Rafa. Os dois estão excelentes e com um puta olhar afiado pra futuras novas empreitadas.

Sucesso pra eles e mais coragem para meus olhos.

Vebis Jr


Escrito por Vebis Jr, Almir ou Lobo às 22h35 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]