Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

A noite do tiro no escuro.

Ultimamente meus contatos com o mundo externo do cinema tem sido apenas pela lista de discussão Canibal Holocausto, já que a lista Infancinéfilos está parada!

Aí por ela acompanho muitas coisas que o Estevão, grande amigo e Webdesigner mais o nosso amigo em comum, Doho tem colocado. E não é que aquele email guru de Matt Zoller Seitz que o Doho mandou uma vez fazia sentido????? No texto o cara tava citando que o Crash subor para concorrer a filme não era à toa.

E lá estavam todos vendo o Oscar.

FODA-SE, caso os puritanistas digam que não assistem Oscar ou vem tirar a minha cara com estas questões de não querer perder tempo, que vejo coisas comerciais. Adoro coisas comerciais e não comerciais. E tem muita gente que assiste por baixo dos panos.

Bem...voltando ao estado normal.

Achei uma puta ofensa os prêmios de roteiro, montagem e filme irem pra esta porcaria de marca maior. Pois montagem me deixou com cara de tacho quando penso em Munich do Spilba, filme que tem ritmo ditado pela montagem, ou no caso do JArdineiro Fiel, com montagem foda também. Até Johnny e June tinha montagem mais aprimorada.

Ou roteiro original de Crash bater Boa Noite Boa Sorte do Clooney, que pra mim seria o único premio certeiro e bater também Ponto Final de Woody Allen, de longe um dos melhores filmes do diretor, ha anos.

Prêmios técnicos irem para King Kong é algo de não se entender. Guerra dos Mundos tem uma firmeza e colaboração na narrativa mil vezes melhor que Kong e Nárnia que consegue ganhar maquiagem de Star Wars III, uma pequena cutucada no Lucas "Só te chamamos pra vir ver outros levarem um prêmio que é a tua cara".

E sobre ganhar de filme, não gastarei palavras aqui. Resta abaixo colocar a foto de dois prêmios que muito me agradaram. Reese que arregaçou atuando como June Carter e Ang Lee como diretor do Brokeback Mountain. E como poderia me esquecer da homenagem a Robert Altman com palmas intermináveis. Meus olhos lacrimejaram.

Eu gostaria de cantar pra esta mocinha "We´ve got married in the fever"

Ao responder meu email que lembrei deste guru, o Doho fez um belíssimo comentário que gargalhei:

"Também li que um filme sobre amor gay jamais ganhou um Oscar de melhor
filme. Bom, neste caso então podemos levar faixas pra Hollywood e
protestar porque nenhum filme de amor entre brasileiros jamais ganhou um
Oscar de melhor filme. Nenhum filme de amor entre vegetarianos jamais
ganhou um Oscar. Nenhum filme de amor entre torcedores da Matonense jamais
ganhou um Oscar. Nenhum filme de amor entre nerds cosplayers jamais
ganhou um Oscar. Nenhum filme de amor entre castores hermafroditas jamais
ganhou um Oscar. Sabe, muitos tipos de filme jamais ganharam um Oscar.
E isso não quer dizer absolutamente nada." (apud. Doho, Renato - Lista Canibal - Seg 6 MAr de 2006)

Esta ficou genial Doho....mas sua nomeação ao apresentador ficou melhor ainda. Vejam:

"Capote mostrou à América que nem todos os gays são caubóis viris -
alguns são na verdade intelectuais sofisticados de Nova York" (Jon
Stewart, o melhor apresentador do Oscar de todos os tempos)

Valeu Doho....animou a semana depois deste desastre. Mas também vale interar que provavelmente existem redes de apostas e fazer o azarão ganhar deve ter algo de sinistro pra favorecer apostadores. Não tem outra explicação. Imaginem os parentes de jurados do Oscar entrarem nas grandes redes de apostas votando em Crash depois de terem votado nele.

Ang Lee, esta estatueta do aumento do teu salário deveria estar nas tuas mãos há tempos!

 


Escrito por el cabrón de la pelicula às 21h17 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]