Cotações

    ***** = Obra-prima
    **** = Ótimo
    *** = Bom
    ** = Fraco
    * = Turkey

Outros sites

Histórico

Assine o RSS


O que é isto?

mentiras e verdades em 24 fotogramas ou 29 frames por segundo!

o distanciamento no envelhecimento

ESPECIAL PARA ANDRÉ ZP

Estou aqui em Recife gravando um documentário sobre obesidade infantil, e no meu Mp3 Player só tem tocado folk enquanto trabalho e ando por esta cidade encantadora.

Me parece ao longo dos tempos que ouço música que muitos começam ouvindo vários tipos de sons, especificamente nos USA e por final acabam terminando a carreira ouvindo ou tocando folk. Tipo o prazer de acompanhar na minha infância, o Metallica deixar suas vertentes "Metal" e se dedicar ao folk, ou pelo menos ao seu flerte. Os álbuns Load e Re Load eram justamente um suco da caminhada da banda e suas influências folk e com aquela pitada da atitude punk rock, metal entre outras coisas.

No Brasil, infelismente muitos dos meus amigos fanáticos por Metallica os chamaram de vendidos e traidores do movimento (será que em tudo teremos de ouvir esta velha frase chata?) e rechassaram os dois álbuns citados, que hoje posso dizer ser um dos melhores em termos de "envelhecer no rock e fazer um álbum bem produzido".

 

Black Francis del Pixies.

 

MAs apenas gostei do Metallica. Uma banda que teve caminho semelhante e muito amável por boa parte dos meus amigos blogueiros é o Pixies que por natureza é endeusada com razão por fazer um feijão com arroz muito competente e de repente o vocalista, o Sr. Black me faz uns álbuns maravilhosos de folk. Ponto para o envelhecimento maduro musical. No Brasil, mais uma vez, poucos gostaram dos álbuns solos do vocalista.

Termino o texto falando de uma banda que acompanho desde moleque, nunca faltei em uma turné no Brasil e gasto dinheiro neles sem dó. Bad Religion, que pra mim, entra na minha vida como substitutos do "Ramones" em fazer shows de Punk no Brasil. Seu vocalista, Greg Graffin é PHD em Biologia e faz inúmeras teses e publicações onde tente por incrível que pareça, unir suas pesquisas de fósseis ao pensamento Punk. No site mesmo da banda havia uma divagação num link chamado "Bad Times".

-

O Dr e PHD Greg Graffin em suas performances punks de palco

 

Pra não deixar pra trás o caminho e fio condutor deste assunto, este vocalista têm também dois álbuns solos que me aguçaram a vontade de ouvir quando comecei a conversar com a amiga Cá pelo msn (ela tem um flog chamado /_dropped_) e como o vício dela por Bad Religion me contaminou a ouvir novamente num momento em que ouvia Modern Times do Bob Dylan, presente cedido gentilmente pelo amigo Vinícius Noronha, pulei para os álbuns solos de Graffin e redescobri um folk incrivelmente experimental e de primeiríssima qualidade. Vale a pena caçar estes dois álbuns mesmo com os fechamentos das portas dos rapidfire.

 

 

                                             

Primeiro álbum solo American Lesion e o segundo Cold as the Clay


Escrito por el cabrón de la pelicula às 16h20 [] [envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]